http://img233.imageshack.us/img233/4972/novadireita15tl.jpg

sexta-feira, julho 14, 2006

O estado do governo e da oposição


Na quarta-feira estava para haver um debate no Parlamento sobre o estado da Nação. Infelizmente não houve. Realizou-se apenas um debate sobre o estado do Governo e da oposição. Sem que ninguém alcançasse o logro, todos se empenharam no seu pior. O Governo fez uma mega-conferência de imprensa, em que apresentou a mercearia do primeiro ano, o relatório e contas. A oposição embarcou no logro, porque também não sabe nem quer fazer melhor nem diferente. Os deputados da oposição fizeram de jornalistas e dos maus.

Um exemplo deste estado de coisas que recolhe justamente a indiferença geral, foi a intervenção final do debate, que José Sócrates adjudicou ao ministro Santos Silva. Um discurso medíocre, apenas preocupado em atacar o PSD, que o PS tinha passado o tempo todo a jurar que não existia. O célebre adivinho do golpe de Estado constitucional de Cavaco Silva ainda tentou ter graça. Mas não há piada sobre o dia do cão, como a que o ministro tentou fazer, que disfarce o esgotamento do sistema e do pessoal político que o serve.

A verdade é que as instituições são incapazes de debater responsável e eficientemente o estado da Nação. Pela simples razão de que teriam de chegar à conclusão de que a Nação merece que elas mudem.

Lisboa, 13 de Julho de 2006

Jorge Ferreira

Retirado do Democracia Liberal
Jorge Ferreira está no Tomar Partido

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home