http://img233.imageshack.us/img233/4972/novadireita15tl.jpg

quinta-feira, agosto 03, 2006

PND x CDS/PP


Sobre a notícia que postei há pouco, sinceramente, não entendo as críticas. Então a qualidade dum partido conta-se pela sua expressão eleitoral? Querem comparar um partido com dezenas de anos a um que nem meia dúzia de anos tem?
Mais, é inexistente o PND???
Podem as excelências do CDS/PP mostrar-me uma agenda de actividades tão detalhada como as do Democracia Liberal?
Podem as excelências do CDS/PP mostrar-me uma revista de ideias do partido? Quiçá um jornaleco sequer?
É que analizando as actividades do PND e do CDS/PP, bem como a dos seus militantes, parece-me que o partido "inexistente" é o próprio CDS/PP, o PND só demonstra vitalidade e muita vida.
Para terminar, não sou militante do PND, mas enquanto me dei ao trabalho de ser militante do CDS/PP sempre fui aquilo a que chamam de "monteirista".

9 Comments:

At 2:32 da tarde, Blogger SA said...

Mas acha que o PND tem futuro?
abraço

 
At 2:36 da tarde, Blogger Jorge Arbusto Sr. said...

Espero bem que sim, a bem de Portugal e dos portugueses!

 
At 11:52 da tarde, Blogger SA said...

Poderá dizer-me que nível de implantação tem tido o PND? Sinceramente desconheço, mas as informações escassas que me chegam aos ouvidos são de uma quase inexistencia a nivel local.
abraço

 
At 7:52 da manhã, Blogger Jorge Arbusto Sr. said...

Está a falar de números de militantes ou de gente eleita para cargos?

O CDS/PP também nunca foi muito famoso em cargos locais.

E se quer medir a qualidade dum partido em termos de votos, deixe-me recordar-lhe que o CDS/PP vale menos que o Bloco de Esquerda...

O PND é um partido fora do sistema, fora dos compadrios, fora do sistema de tachos. É um partido diferente e ousado!

Não o imaginava um "portista", lamento sabê-lo...

 
At 1:28 da tarde, Blogger SA said...

Caro amigo,
Não sou um 'portista', mas entre Portas e Monteiro prefiro o primeiro. Não sou nem nunca fui liberal, como penso que já percebeu pela minha 'casa'.
É verdade que o CDS-PP não tem grande implentação, mas lá vai matendo as suas estruturas. Em termos eleitorais é que está nas ruas da amargura. Imagine que nas ultimas autarquicas em Setúbal o PCTP/MRPP teve mais votação que os centristas. Contudo, o PND não se ve, não aparece, não dá a cara. Á excepção das aparições de Manuel Monteiro na SIC Noticias e do site Democracia Liberal, pouco ou nada se sabe do partido. Há mesmo quem diga que será um fracasso total, e que a prova disso é a inexistencia do PND na opinião publica.
A ver vamos...

abraço

 
At 1:43 da tarde, Blogger Jorge Arbusto Sr. said...

E não se esqueça da dívida de mais de um milhão de euros que o CDS/PP tem às suas costas... 2005 foi muito mau.

Sobre Setúbal, o Dr. Portas levou a cabo uma "purga" nas direcções da JP e do CDS/PP sadinos que originou os resultados que estão à vista.

Espero que não esteja a confundir liberal com progressista, ocorre frequentemente.

E já conhece a revista do PND?

Realmente este ano o PND tem aparecido menos que o PNR na comunicação social, mas se visitar frequentemente o Democracia Liberal verá que actividades não faltam, a comunicação social é que prefere não divulgar.

Talvez se convencermos o Dr. Monteiro a comprar uma calibre 12 e a fazer um pente zero...

 
At 2:33 da tarde, Blogger SA said...

Caro amigo
ainda agora lia no Correio da Manha que o CDS-PP teve um grande passivo no ano passado. Dos partidos parlamentares, é o unico.
Em relação aos factos na JP e CDS de Setubal, estou bem por dentro da situação. Tenho lá alguns amigos e vou sabendo o que se passa.
Quanto à comunicação social, não podemos esquecer a velha maxima: "If it bleeds, it leeds". E depois tudo o que seja uma proposta seria vinda da direita é menosprezado. Da direita é preciso dar uma imagem repressiva, assustadora... são feridas do golpe de 74 que ainda têm de sarar.

abraço

 
At 1:13 da manhã, Blogger Jardim do Arraial said...

É quase certo que o PNR terá mais votos do que o PND nas próximas legislativas...

"Mal ou bem...falem de mim", não é assim que se diz? Pois o PND, nas últimas eleições para o Parlamento, até começou por ter uma atitude mais incisiva, de ruptura, ousada, algo polémica até... Mas depois, veio a veia "copinho de leite" do Manel, o seu grande defeito.

Não, o PND não tem de ir para a rua gritar contra os imigrantes, nem tem de fazer manifs contra a insegurança... Essa é a táctica de quem teve a coragem de pugnar por essas realidades, que é o caso do PNR. Tomaram o único espaço disponível no espectro partidário português, a Extrema-Direita.

O PND está, portanto, condenado a disputar o eleitorado do CDS e do PSD (uma vez que o seu discurso "conservador nos valores" afasta a quase totalidade do PS), logo, é natural que estes não o suportem e rejeitem "plataformas" e histórias...

O Manel está a cumprir o seu papel, em busca de visibilidade. Mas como não tem feitio para arruadas, faz almoços de amigos e depois avisa a com.social toda.

Parece que agora teremos comício em Vila Praia de Âncora, lá pró Minho... É ousado e corajoso da parte dele... Desejo o maior sucesso, já que não poderei ir tão longe dar apoio...

 
At 3:49 da manhã, Blogger Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú said...

Belo texto caro amigo!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home