http://img233.imageshack.us/img233/4972/novadireita15tl.jpg

segunda-feira, julho 03, 2006

2 leituras à direita

Hoje optei por abrir, um pouco mais, os cordões à bolsa e comprei O Independente, seduzido pela crónida de José Júdice (que já foi cronisto do Portugal Diário) intitulada Orgulho de ser português, e uma revista sobre a qual já tinha ouvido falar, e muito bem, mas que nunca consegui encontrar à venda, falo-vos da Magazine Grande Informação, já conheciam?
Só tive tempo para folhear a revista, mas já me seduziu. Direita tradicional, direita dos valores, contam com a válida caneta do José Adelino Maltez - uma das minhas inspirações ainda não reveladas aqui pelo blog - uma leitura muito agradável e, cheirou-me, com valores.
Sim senhor, Futuro Presente, Nova Vaga, Atlântico e Magazine Grande Informação... ainda alguém se queixa do vazio de imprensa à direita?

4 Comments:

At 3:47 da manhã, Blogger Mendo Ramires said...

Sim. Há espaço — ideológico, sem dúvida; comercial, talvez — para muitíssimas mais.

 
At 4:07 da manhã, Blogger Jorge Arbusto Sr. said...

Sou forçado a concordar, pelo menos até surgir uma publicação em língua pátria que substitua o deleite com que leio, e releio, a The American Conservative.

Não sei é se existirão leitores suficientes para sustentar uma publicação conservadora e patriótica portuguesa...

 
At 1:55 da manhã, Blogger Mendo Ramires said...

No que diz respeito a "conservadores" e "patriotas": não sei, nem me interessa.
Na área Tradicionalista e Nacionalista há, certamente, espaço para múltiplas publicações, perante o actual deserto.

 
At 2:49 da manhã, Blogger Jorge Arbusto Sr. said...

A Carta de Princípios da Magazine Grande Reportagem assinala que a publicação se orienta por "um país europeu que 'começa no Minho e acaba em Timor'"

Creio que conseguirá cativar quadrantes ditos nacionalistas nostálgicos do Estado Novo.

Quando se refere a imprensa nacionalista... estamos a falar de quê exactamente? Uma publicação que fale de raças e sionismo?

Não me leve a mal, é uma interrogação honesta, talvez possa referir uma publicação estrangeira que eu possa ter como referência quanto à imprensa considerada nacionalista?

Peço novamente que não me leve a mal, é mesmo curiosidade.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home